CIMTEB – CONSELHO DE IGREJA, MINISTROS E TEÓLOGOS EVANGÉLICOS DO BRASIL, é uma instituição com pouco tempo de existência que tem encontrado portas abertas e tem aberto portas.

O CIMTEB vem expandindo pelo Brasil e Exterior com a sua marca registrada "Reconhecendo e Nomeando a Títulos Honoríficos" os Ministros do Evangelho e obreiros.

O CIMTEB iniciou em um pequeno grupo de pastores, onde sentiram a vontade de ter uma organização que ajudasse as pequenas igrejas e pastores e a teólogos, que não tinham respaldo e nem ajuda de convenções e organizações religiosas. Então, Deus levantou o Bispo Washington Albernaz para fazer essa obra de Deus que tem 23 anos de evangélico e 18 de vida ministerial.

O Bispo Washington Albernaz é presidente titular da CIMTEB, que em poucas palavras só tem a agradecer a Deus e a todos amigos e companheiros de jornada no evangelho, que tem contribuído com orações por esta obra.

Agora tendo seu site oficial que muito contribui na sua divulgação, tem sido um canal de bênção de Deus para todos que visitam e que desejam sempre estar perto de uma instituição que com sinceridade e honesta trabalha em prol da obra de Deus.

Quem pode filiar-se ao CIMTEB? Pastores, teólogos, missionários, evangelistas, capelães, juízes de paz eclesiásticos, professores de teologia, cantores evangélicos e afins.

Deus te abençoe e siga em frente em conhecer o CIMTEB, ajudando-o a crescer. Shalom Adonai.

 

Rev. Washington Albernaz


CIMTEB – Conselho de Igrejas, Ministros e Teólogos Evangélicos do Brasil – www.cimteb.webnode.com (em atualização)

Representante do Conselho Brasileiro de Psicanálise do Estado do Goiás

Representante do Conselho de Peritos Judiciais no Estado de Goiás

cimteb@hotmail.com

(61) 8121-2664 (Tim)

Nossos usuários

Nessa seção você pode descrever os usuários típicos e o porquê desse projeto ser importante para eles. É interessante motivar seus visitantes, assim eles irão retornar ao seu site.

História do projeto

Nessa seção você pode descrever a história do projeto e explicar as razões de sua criação. É conveniente mencionar os marcos importantes e as pessoas de honra que participam.